+55 21 2275-0146

Maratona de Petra: As belezas ocultas de um dos berços da humanidade

Share now:

Quer sair do lugar-comum e se aventurar numa viagem em que a corrida pode ser apenas um detalhe no roteiro de viagem? A Maratona de Petra, realizada no dia 26 de agosto, na Jordânia, tem tudo isso e muito mais. Afinal, quem não gostaria de desbravar as belezas ocultas de um dos berços da humanidade, que é considerada uma das sete novas maravilhas do mundo?

O evento, que oferece também uma meia maratona para aqueles que ainda não se sentem preparados para correr os 42 km ou mesmo que preferem poupar as pernas para desfrutar de todas as belezas da região, é limitado a apenas 200 atletas, que participam de uma aventura única.

O trajeto começa na Street of Facades (Rua das Fachadas) e depois percorre a antiga cidade de Petra, passando pelos cenários e pontos de destaque da região, como o famoso O Tesouro (Al-Khazneh), templo com uma fachada esculpida na própria rocha e que, diz a lenda, escondia o tesouro de um faraó egípcio.

Ao longo do trajeto, o participante tem a oportunidade de correr admirando lindas paisagens do deserto, deparando-se com formações rochosas esculpidas há milhares de anos e que pouquíssimos turistas podem admirar.

Como se não bastasse os cenários belíssimos da corrida, a viagem ainda proporciona passeios fantásticos pela região para conhecer espetaculares construções do século 3 a.C. e detalhes de uma cidade repleta de palácios, templos, tumbas, armazéns e altares perfeitamente preservados.

Os pacotes da Kamel Turismo incluem no mínimo 5 dias, inscrição para a prova, tour cultural, guia em inglês e ainda a opção de estender a viagem para outras regiões da Jordânia.

Detalhes de Petra


Patrimônio da Humanidade pela Unesco em 1985, a chamada “Cidade-Rosa”, situada entre o Mar Vermelho e o Mar Morto, é o
 principal cartão-postal da Jordânia e está localizada a cerca de 3h da capital, Amã. Fundada em 312 a.C. pelos nabateus, uma tribo nômade de origem árabe, Petra foi redescoberta somente em 1812, depois de ficar esquecida por um tempo.

A cidade serviu de cenário para a famosa saga “Indiana Jones e a Última Cruzada”, de Steven Spielberg, e é com certeza um dos destinos mais fascinantes do Oriente Médio.

Escondidas atrás de uma barreira de montanhas íngremes, suas principais atrações estão espalhadas em pouco mais de 5 km quadrados, o que acaba sendo favorável para quem dispõe de poucos dias na região.

O acesso à antiga vila de Petra é pelo Siq (que vem do árabe e significa fossa), um longo sinuoso e estreito desfiladeiro, por onde se percorrem 1,2 km em meio a rochas de 100 metros de altura. Logo na entrada da vila já é possível ver O Tesouro (Al-Khazneh), que ficou imortalizado no filme de Spielberg. Sua fachada em estilo helenístico tem 43 metros de altura e foi encravada na própria rocha.

Outra atração de destaque é o Mosteiro (El Deir), de onde é possível contemplar uma vista panorâmica dos vales, além do Teatro de Petra, que tem sua arquibancada talhada inteiramente no rochedo e com capacidade para 8 mil espectadores, o Altar dos Sacrifícios, a Igreja Bizantina (ou Igreja Petra), entre outras.
Para informações sobre pacotes, clique aqui (https://kamelturismo.com.br/package/maratona-de-petra/). As vagas são limitadíssimas.