+55 21 2275-0146

Maratona de Tóquio: imperdível

Share now:

Sabe aquelas coisas que você deve fazer um dia na vida? Conhecer o Japão e correr a Maratona de Tóquio é uma delas.

Merecidamente incluída no grupo das World Marathon Majors, um grande número de estrangeiros ávidos por completarem as 6 maratonas do seleto grupo participou da edição deste ano. As inscrições são através de sorteio, e este ano foram 310.000 candidatos, ou através das agências de viagens especializadas em corrida para as 36.000 vagas.

Claro que as 27 horas, no mínimo, de viagem e as 12 horas de fuso horário assustam, bem como o medo dos altos custos do Japão e a dificuldade do idioma. Mas, ao chegar, você esquece tudo isto. Tóquio é uma cidade impressionantemente moderna e com lindas construções antigas preservadas harmoniosamente lado a lado.

Com uma população superior a de São Paulo, tudo funciona muito bem, mas seguir para a feira da maratona já é um programa e um desafio. Realizado no centro de exposições Tokyo Big Sight, o mesmo local da chegada da maratona de Tóquio e da Corrida Internacional da Amizade, e distante do centro da cidade, podemos observar o eficientíssimo sistema de transporte da cidade. Prepare-se para se perder e se atrapalhar pelo caminho. Poucos falam inglês, mas a gentileza dos japoneses é tão grande, que mesmo sem entender a língua e o que está escrito nas placas de identificação, você se divertirá bastante até encontrar o caminho correto.

Você se surpreenderá com o tamanho da feira. Gigantesca, os stands da ASICS e MIZUNO, marcas japonesas, só vendiam tênis até o tamanho 38, dos modelos femininom e 42 para o masculino, frustando, principalmente, os corredores estrangeiros. A loja com produtos da prova oferecia modelos de camisetas com frases, na sua maioria, em inglês, tal como a camisa oficial da prova. Também nunca vi tantos stands de meias: de compressão, de dedinhos, coloridas, de bolinhas, listradas. Mas tinha também stands com excelentes ofertas de roupas esportivas e tênis de modelos mais antigos, mesmo com os preços em iens.

No sábado, acontece a Corrida Internacional da Amizade, de 5k, e o grupo de brasileiros foi calorosamente recepcionado e já teve uma ideia da magnífica organização que estaria a sua disposição no domingo. Com a chegada no mesmo local da maratona, uma bandinha de adolescentes japoneses tocou música brasileira para a nossa alegria e das televisões locais, que filmaram a festa do nosso animadíssimo grupo. Como estávamos no mesmo local da feira da maratona de Toquio, serviu para mais uma “passadinha” para aproveitar suas ofertas.

À noite, um jantar de massas para os corredores estrangeiros que compraram o convite foi realizado no 45º andar do belíssimo e moderno prédio da Prefeitura, com uma magnífica vista da cidade. Na saída, já podíamos observar a organização da largada da prova que acontece neste mesmo local, no bairro de Sinjuku, que oferece excelente opões de hospedagem, restaurantes e lojas com preços até inferiores ao do Brasil.

No domingo, com 3 graus de temperatura, os corredores começaram a chegar bem cedo e muitos fantasiados. Os números da corrida indicavam a sua baia de largada e todos esperavam pacientemente o momento para começarem a correr. O percurso da prova passa por diversos pontos turísticos da cidade, como o Palácio Imperial, Hibiya Park, o elegante bairro Ginza e suas lojas de griffe, por Asakusa com seus magníficos templos, por bairros de arquitetura antiga e futurística.

O público é bastante grande e carinhoso. Todos tentam oferecer alguma coisa para ajudar os corredores: refrigerantes, chá quente, sopinha, sushi, chocolates, balas, biscoitos e muito mais. O povo enlouquecia ao ver a camiseta brasileira e por diversas vezes gritaram o nome do jogador de futebol Zico! Mas tenho certeza que todos os que lá estiveram voltaram com uma recordação especial do percurso. Os staffs da prova, impecavelmente vestidos com suas capas e bonés da prova, deram um show de simpatia e eficiência. Nenhum copo ou sachê de gel no chão ao longo de todo o percurso.

A organização também oferecia bananas, tomates (?!!?), chá quente e, em vez das tradicionais bebidas isotônicas, uma deliciosa bebida com BCAA.

Muitos corredores com fantasias criativas de ervilha, tomate, bonés com torres, sushis e muitos super-heróis japoneses, é claro. O público também compareceu com coloridas perucas, fantasias e um sorriso e alegria contagiantes. Muita música e apresentação de dança típica marcam o percurso que tem dois pontos de ida e volta. Com leves descidas e subidas durante todo o trajeto, somente a partir do quilômetro 40 encontramos a parte mais íngreme, com 3 pontes, que não chegam a assustar. A prova também tem pontos de corte, onde os corredores são impedidos de continuar caso não cheguem neste local até o horário indicado em grandes cartazes. Com prazo máximo de 7 horas, poucos corredores eram vistos no pelotão das 6 horas em diante.
A maratona de Tóquio teve recorde do percurso, tanto no masculino quanto no feminino, estabelecido pelo queniano Dickson Chumba – 2:05.42 – e pela etíope Tirfi Tsegaye – 2:22:23.

Na chegada, além da medalha, pequena e bastante bonita, ganhamos uma toalha, em substituição à tradicional manta térmica de alumínio, e todos os corredores seguiam para o pavilhão que foi realizada a feira da maratona de Tóquio, onde as bolsas dos guarda-volumes estavam milimetricamente organizadas, como tudo o que lá vimos durante estes dias de sonhos em Tóquio. De lá, os inscritos com a Agência de Viagem Kamel e demais empresas de turismo internacional tinham ônibus a disposição para retornar ao hotel.

Em 2015, a prova acontecerá em 22 de feveireiro. Os custos da viagem não são tão assustadores como imaginava.

Portanto, se você deseja ter esta maravilhosa experiência, corra, literalmente, para participar desta maratona o quanto antes. Tenho certeza que será cada vez mais difícil conseguir uma vaga nesta que será, em breve, e, merecidamente, a queridinha das maratonas.

  • Depoimento da nossa guia Denise Amaral publicado na Revista Contra-Relógio de abril 2014

 

Site oficial da Maratona de Tóquio