+55 21 2275-0146
correr no frio

Maratonas de Outono e Inverno: dicas para correr no frio

Share now:

Muitas das melhores maratonas e meias ao redor do mundo se concentram no segundo semestre, época em que as temperaturas são mais frias e mais propícias para correr, principalmente para quem busca performance. São várias as opções de provas internacionais no calendário, como as Maratonas de Berlim, Amsterdã, Chicago e Nova York, além das Maratonas e Meias de Buenos Aires e Punta del Este.

Ainda que as temperaturas mais baixas ajudem a performance do corredor, é preciso ter alguns cuidados. Confira algumas dicas importantes para não colocar sua prova em risco:

Leve na sua bagagem tudo o que julga ser necessário usar no dia da prova: não confie em encontrar produtos no local. Coloque na sua mala roupas para várias situações de temperatura, como short e calça legging, meias mais finas e mais grossas, camiseta manga longa e manga curta, pernito, manguito, uma segunda pele para colocar por baixo da camiseta, corta-vento, luvas mais grossas e mais finas etc;

– Fique sempre de olho na meteorologia nos dias anteriores ao evento: a temperatura pode mudar de um dia para outro e você pode ser pego de surpresa. O The Weather Channel e o Climatempo são dois sites bons para checar;

– Nos dias anteriores à competição, procure dar aquela “corridinha” de ambientação no local: num horário próximo ao da prova. Isso vai ajudá-lo a definir o que usar no dia D; 

– Se estiver muito frio na largada, inicie a prova agasalhado (com roupas que podem ser descartadas): e vá se livrando delas aos poucos, à medida que se sentir aquecido. Jamais jogue as luvas fora. Provas como Nova York, por exemplo, esfriam muito em locais sem prédios e mais descampados, como pontes e parques;

– Se a hidratação da prova oferecer água ou isotônico em copo aberto, tire as luvas na hora de ingerir líquidos para não correr o risco de molhá-las: se tirar as luvas, tenha muito cuidado para não perdê-las. Coloque-as na sua bolsinha de hidratação ou prenda-as na cintura, por dentro do short ou da calça;

– Opte por roupas de tecidos tecnológicos: que mantenham a superfície externa do corpo seca. Evite materiais que se encharcam facilmente e deixem sua pele úmida, como algodão, por exemplo;

– Para evitar ressecamento e fissuras na pele, passe creme hidratante: no rosto e nas mãos e um protetor específico para os lábios;

– Se estiver ventado muito, proteja bem os ouvidos com um gorro ou um protetor de ouvido: tenha cuidado com mãos e pés. As extremidades sofrem mais com o frio. Se necessário, use duas luvas ou meias mais grossas;

– Após a prova, agasalhe-se o mais rápido que puder e coloque roupas secas: você estará debilitado. Evite ficar com roupas úmidas, mesmo que esteja sentindo calor.

Texto: Fernanda Paradizo